Letra - Depois Disso | Prodígio (Lyric)



Prodígio - Depois Disso Letra

E depois de teres roubado toda a gente
Ou melhor enganado todos crentes
Envenenado todo ventre
Dessa gente dependente e impotente
E eu vou ter que ser inconveniente
Porque pra mim nem é comovente
Como a fé move a gente
E como a fome come a gente
Eu falo mesmo de gente como a gente

Se a nossa fé for um negócio és gerente
Ou melhor és dirigente
Se eu tiver de usar o meu cartão na igreja
Eu não sou um crente
Mano eu sou um cliente

E depois disso comes bem ?
Diz-me , se depois disso dormes bem
Enquanto eu oro, e penso nas nossas crias
Penso porqué que não morres bem

E depois de teres roubado toda a gente
E teres ficado milionário
Bilionário , Triolinário
Tu tens nários que nem cabem no dicionário
E agora tens torneiras de ouro
Copos e pratos de diamante

Eu olho pra ti e me pergunto
Se agora tu já não sangras como antes
Se agora já não sentes como antes
Será que a guita fez de ti mutante ?
E se o dinheiro não importa
Eu me pergunto
Como é que tu te sentes tão importante ?
Sempre foste assim ou tu mudaste?
E eu me pergunto
Se tu sabes que tu tens a capacidade de dar

1 Milhão a cada pessoa que tu roubaste ?
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook
Tecnologia do Blogger.